Vinte amigos, parceiros de trabalho e fashionistas falam o que pensam sobre Alexandre Herchcovitch

Tania Otranto, assessora

“Trabalho com o Alexandre há 18 anos e posso dizer que ele é uma pessoa superdeterminada, focada e profissional, que, desde o começo, sabia para onde queria ir. Quando começamos, o intuito era fazer com que perdesse a imagem de estilista underground e se transformasse em um estilista para o mundo.”

Geanine Marques, cantora e ex-modelo

“Tudo foi meio por acaso. De repente, lá estava eu, de calcinha e top de renda na passarela do jovem talento transgressor de 1994. Me apaixonei de cara. Com a convivência, pude ver seu talento amadurecer, o que só fez crescer meu fascínio e minha admiração. Partilhar de um humor para poucos, que eu amo, também é um privilégio. Generoso, ele me deu um mundo de presente!”

Reinaldo Lourenço, estilista

“Vi o desfile de formatura dele e fiquei impressionado na época. Era tanta rebeldia, tanta liberdade, não tinha compromisso com a venda. Com o tempo, ele foi amadurecendo e se aproximando da consumidora.”

David Pollack, stylist

“Entre tantas lembranças, camisetas de caveira, entregas na rua Paim, viagens e risadas, o respeito que ele sempre teve pela roupa e pela carreira continua me chamando a atenção. Generoso com os amigos, criativo e empreendedor, é um dos meus heróis.”

Bob Wolfenson, fotógrafo

“O que mais admiro no Alexandre, ao longo desses 20 anos, é sua capacidade de estar na ponta do processo. O desfile dele é o mais aguardado, comentado e cheio de coisas inéditas, temporada após temporada.”

Giovanni Bianco, diretor de arte

“Sempre admirei muito o Alexandre. Sempre achei que ele possui uma voz, um estilo único e um forte ponto de vista em suas coleções. Começamos a trabalhar com moda mais ou menos na mesma época e ele me inspirou com seu trabalho.”

Michel Sarkis, CEO da Inbrands

“O Alexandre traz consigo um paradoxo: é previsivelmente imprevisível. Ele sempre surpreenderá em sua criação e roubará a cena. Esse é um dom de criadores com o seu imenso talento. Já convivi com muita gente criativa, mas, com a capacidade de criar conceitos relevantes e inspiradores, só gente muito especial como ele. Temos na Inbrands um companheiro de objetivos.”

Maria Prata, jornalista de moda

“Uma das virtudes dele é a identidade. Ele passou por vários momentos. Já flertou com masculino, feminino, mas sempre foi fiel a quem é. Só quando você tem certeza do que é, pode flertar com o que quiser.”

Isabela Prata, dona da escola São Paulo

“Sempre adorei conversar com ele sobre processo criativo, moda e arte, pois ele é uma pessoa rara, segura, que não se rende às pressões de mercado, apesar de fazer coisas comerciais.”

Mauricio Ianes, stylist

“Conheci Alexandre quando ainda era estudante de artes plásticas, e ele, de moda. Ele é a minha família. Quando começamos a trabalhar juntos, ele tinha uma inquietude questionadora e febril. Além disso, ele sempre foi um trabalhador incansável, dedicando toda a sua vida à evolução e sobrevivência do seu trabalho. Ainda me admiro ao ver como ele trabalha e me orgulho de nossa parceria.”

Charles Cosac, editor

“Estilista per se, Alexandre Herchcovitch é também um fazedor de coisas. Mesmo participando há 20 anos do SPFW e há dez da semana de moda de NY, constituiu um eixo sobre o qual foi capaz de imprimir o espírito de suas criações em elementos tão díspares como um celular e um jogo de cama. Um fenômeno na história da moda e do empresariado. Suas criações embevecem pessoas de costumes os mais diversos.”

Marcio Banfi, stylist

“Ele foi uma das minhas inspirações para trabalhar com moda. Além de ser um dos meus melhores amigos, é uma das pessoas mais talentosas que já conheci. Extremamente comprometido com o trabalho, pesquisador, inteligente, exigente com resultados. Trabalhamos juntos em suas peças de látex e ele estava presente o tempo todo. O mesmo acontece com nossa amizade: ele pergunta, se preocupa. Seu mais recente talento é ser um ótimo pai.”

Susana Barbosa, diretora de ELLE

“A primeira lembrança que tenho é de uma matéria na ELLE, apresentando seus looks de látex – estava começando minha carreira e ainda não percebia aquilo tudo que ele já representava. Com o tempo, entendi o valor e a singularidade do seu trabalho. Ele é um artesão, um obcecado, que dá conta de tudo com uma facilidade invejável. Hoje somos tão próximos que já não sei dizer onde começa o estilista e termina o amigo-irmão que a vida me deu.”

Luciana Curtis, modelo

“Começamos a trabalhar juntos na época do Phytoervas Fashion. Nem desfilava muito porque andava meio corcundinha, mas o Alê cismou comigo! Ele é uma pessoa única. Consegue ser sempre ele mesmo, embora mude a cada coleção. Quando casei, em 2001, não conseguia pensar em ninguém que não fosse ele para fazer meu vestido de noiva.”

Celso Kamura, cabeleireiro

“Faço a beleza dos desfiles dele desde o começo e passei por momentos em que ele pedia uma maquiagem mais surreal, mais conceitual. Quando ele passou a se apresentar em NY, tudo ficou mais limpo. Além de gostar, tenho muito orgulho de trabalhar com ele e sempre aprendo.”

Fernanda Young, escritora

“O Alê é da mesma geração que eu. Assim que cheguei a São Paulo e comecei a escrever, em 1994, ele começou a despontar. Eu o considero um vencedor improvável porque reconheço nele uma característica que me inspira: não abrir concessões. Vivemos num país onde o gosto coletivo é duvidoso e fico impressionada em vê-lo fazendo sucesso com coisas incomums. Ele é um iconoclasta e um poeta.”

Paulo Martinez, stylist

“Eu o vi crescer profissionalmente e chegar aonde chegou. Um dos maiores talentos da moda brasileira, é antes de tudo um amigo que amo de paixão. O humor dele é impagável, rimos de qualquer bobagem!”

Rodolfo Souza, estilista da ELLUS e ex-assistente de Herchcovitch

“Inteligente, rápido, livre e a pessoa mais criativa que conheço. Alê também é um amigo sensível, generoso, o melhor companheiro de viagens e um ótimo cozinheiro. Adoramos falar sobre tecidos e acabamentos.”

Regina Casé, apresentadora

“Ele ama a nossa cultura, adora de Caruaru a Botucatu, de Belém a Rocinha. É pop, gosta de novela. Tudo isso, junto a sua sofisticação, fez dele esse grande artista, que completa 20 anos de sucesso.”

Adriana Bozon, diretora criativa da ELLUS

“Criativo, profissional, sensível e surpreendente! Há 20 anos, fizemos a primeira parceria ELLUS por Alexandre Herchcovitch. É sempre muito bom trabalhar com ele, e associar seu talento ao nosso conhecimento de mercado é enriquecedor!”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s