Ashley Graham fala sobre assédio sexual no início da carreira

Modelo e ativista também conta como a união entre mulheres pode criar forças contra situações de abuso.

Além de ser uma das tops mais influentes da atualidade, Ashley Graham tem sido uma voz importante no mundo da moda: ela fala sobre questões de auto-estima, sobre pressões sociais e também sobre representatividade na indústria. Dessa vez, enquanto era entrevistada no programa The View, da BBC, a modelo compartilhou uma memória dolorida de sua adolescência, e também falou sobre como compartilhar nossas experiências pode nos fortalecer contra assédios e imposições.

Leia também: Saiba por que Ashley Graham não foi ao MET Gala 2016

Ela descreveu a situação com um assistente de fotografia, em um trabalho como modelo, aos 17 anos. “Ele me atraiu até a entrada do lugar, e me empurrou em um closet. Ele se exibiu pra mim e disse: ‘olha o que você fez comigo o dia inteiro. Agora toque-o.’”

Ela conta que, felizmente, conseguiu escapar do lugar — mas que não teve clareza para fazer uma reclamação formal para ninguém sobre o incidente. “Se eu soubesse o que eu sei agora, e vendo todas as mulheres enfrentando isso e dizendo ‘eu também’, eu teria acabado com aquele cara.” E finalizou: “eu provavelmente teria gritado, ou chamado minha agência.”

O compartilhamento dessa experiência traumática faz parte de um momento muito importante para a indústria da moda, a indústria cinematográfica e também para outras mulheres com outras vivências. No Golden Globes, as atrizes vestiram-se de preto contra as recentes denúncias que inundaram Hollywood — e a decisão foi parte tanto do projeto #Time’sUp, que declara que já chegou a hora de dar fim aos assédios, quanto do projeto #MeToo, que afirma que compartilhar esses momentos faz com que as pessoas ao redor entendam que esse tipo de situação não é rara. Através dessa consciência, e da conexão entre mulheres, o cenário descrito por Ashley pode mudar.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s