Cailtyn Jenner não se vê como representante da comunidade transgênera

Em 2015, Caitlyn Jenner ganhou as manchetes mundo afora ao mostrar a sua transição de gênero pela televisão, em uma série-documentário e assim, mesmo que indiretamente, Caitlyn virou uma porta-voz de mulheres trans ao redor do mundo.

Apesar disso, ela comentou que prefere não ser vista como uma representante da comunidade transgênera, mesmo porque, até recentemente, ela conhecia pouco sobre esse mundo.

“Eu não sou uma porta-voz para a comunidade trans. Apesar de a mídia me projetar assim, eu sou apenas uma porta-voz para da minha própria história. O que eu aprendi nos últimos nove meses, no entanto, é que esse é um grupo incrível para se envolver. Essas garotas me ensinaram muito!”, disse.

Caitlyn também explicou que não conheceu uma mulher transgênera até ela mesma passar pela transição, e assistiu a muitos vídeos sobre o assunto na televisão e no Youtube para conhecer mais sobre a comunidade. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s