Jean Paul Gaultier está produzindo um musical sobre sua vida

O figurino do show vai contar com arquivos de seu trabalho e com novas criações.

Quando se fala de Jean Paul Gaultier, logo pensamos em desfiles grandiosos e que desafiam o olhar do espectador. O estilista francês — junto de nomes como John Galliano e Alexis Mabille — integra um grupo de designers maximalistas e que não poupam esforços (e tecidos!) para exibir suas criações nas passarelas. E se a apresentação de suas roupas já era um show à parte, sua próxima empreitada promete ser igualmente imponente, pois ele mesmo está produzindo, escrevendo e dirigindo um musical sobre sua própria vida.

Conhecido por trabalhos que vão além da alta-costura, como a produção de figurino dos filmes O Quinto Elemento e A Pele Que Habito, o sucesso de seu perfume homônimo ou até mesmo a elaboração dos icônicos sutiãs em formato de cone da cantora Madonna, Gaultier confessou ao WWD que está realizando um sonho de infância com este musical. “Eu me lembro de assistir pela TV a première de um musical na Folies Bergère. A imagem era em preto e branco e as pessoas estavam muito bem vestidas. Foi uma experiência transcendente, eu achei lindo.”

Leia Mais: Os detalhes da mostra de retrospectiva da carreira de Jean Paul Gaultier

“Comecei a desenhar e a imaginar os figurinos dos dançarinos durante uma aula, mas a professora viu e me humilhou na frente da sala. Felizmente, isso despertou o efeito contrário na turma e as crianças começaram a pedir que eu fizesse desenhos para elas. Naquele momento percebi que por não gostar de futebol, iria me destacar fazendo croquis. Depois disso comecei a acompanhar todas as produções e óperas em Paris e me apaixonei com a ideia dos espetáculos.”

O musical recebeu o nome de “Fashion Freak Show” e vai conter recursos de vídeos, figurinos icônicos da carreira do designer, suas músicas preferidas, artistas de circo e até interação com o público. Quando questionado sobre a decisão do nome, ele explicou ao WWD. “Freak c’est chic. Para mim diferenças são lindas, não existe apenas uma beleza, e sempre gostei de misturá-las em minhas coleções. Quando olhamos para coisas e pessoas, sempre existirão códigos e padrões sobre o que é considerado feio ou bonito. Sempre questionei isso.”

A estreia da peça está programada para dia 2 de outubro de 2018 na Folies Bergère. Segundo o couturier, a história promete focar em sua vida na moda, nos jornalistas, na ação dos backstages e nas modelos. “É sobre tudo o que conhecemos, só que com mais plumas e glamour.”

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
E-mail inválido warning
doneCadastro realizado com sucesso!
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s